Comércio em Duque de Caxias é reaberto, em seguida é obrigado a fechar


Na cidade de Duque de Caxias, o comércio local reabriu nesta segunda feira (25) após o prefeito Washington Reis liberar a sua abertura mediante novo protocolo de combate a pandemia. Segundo informações, tal protocolo determina que o comércio poderia reabrir se seguissem as suas normas, como por exemplo, liberação da entrada ao cliente no estabelecimento mediante uso de máscara, o fornecimento de álcool gel para o uso dos clientes, e ainda o local não deverá receber mais que 30% de sua capacidade normal, afim de evitar maior aglomeração no estabelecimento.

E assim foi. Boa parte do comércio levantou suas portas, e um maior número de pessoas veio a transitar pela cidade. Com um melhor ânimo, o comerciante da cidade de Duque de Caxias seguia o dia, e aos poucos outras lojas iam também sendo abertas.

Durante entrevista ao Bom Dia Rio da rede Globo, e ao vivo, o prefeito Washington Reis expôs os motivos pelo qual tomou a decisão pela abertura do comércio local. Fachel, apresentador do telejornal que fazia a tal entrevista, veio a arguir por meio do repórter que estava no local, sobre a responsabilidade de possível aumento de infectados na cidade por conta dessa reabertura do comércio. Novamente, Washington Reis respondendo ao repórter afirmou que seria ele o responsável, levando em conta a ajuda da população para que não se propague ainda mais a doença. Reis ainda informou sobre as condições dos hospitais locais, pois possuem bom número de leitos disponíveis, e que ainda havia inaugurado um novo hospital – o São José – que seria basicamente para atendimento à infectados pelo coronavírus. Levou em conta ainda a importante necessidade econômica do município.

— “A responsabilidade é toda minha como prefeito. Também tenho responsabilidade com a arrecadação, que caiu pela metade. Se em junho eu não tiver arrecadação para pagar os médicos, não vamos ter médico nenhum, não adianta respiradores, não adianta leitos em rede hospitalar. Então estou fazendo com muita responsabilidade e olhando o aspecto financeiro para pagar o servidor público, para evitar uma greve em plena epidemia. Agora, o problema é meu de responsabilidade, mas o problema é nosso enquanto população. A população de Caxias está consciente, os comerciantes estão conscientes. Temos como retomar isso como fiscalização. O comerciante que não colaborar será lacrado e perderá o alvará, simples assim. Estamos chamando a população para responsabilidade” — afirmou Reis.

Porém, já na parte da tarde, uma bomba veio em forma de notícia de que o comércio seria fechado novamente. Tratava-se de uma liminar que suspendia os efeitos do decreto do prefeito Washington Reis, e a decisão desta liminar determina que seja apresentado por parte da prefeitura de Duque de Caxias um laudo que venha comprovar que a flexibilização das medidas de isolamento não traga riscos à população, em relação ao seu contágio, e que podem continuar funcionando apenas os serviços considerados essenciais.

O descumprimento desta decisão, acarretará um multa diária de R$10.000,00, que se acontecer, serão revertidos à um fundo público.

Temos a informação de que a prefeitura de Duque de Caxias está a vias de entregar mais vários leitos de CTI no Hospital Moacyr do Carmo.

“Nós aprendemos, com essa pandemia, que o ingrediente principal para combater o coronavírus, descobrir e detectar a gravidade são os tomógrafos. Houve dias em que fizemos mais de mil tomografias, quando o pulmão está tomado mais de 30% ou 40%, a gente logo interna para evitar que seja entubado ou faz a medicação necessária. – Completa Reis.