A importância do marketing local

“Ingrid, proprietária da Bellas Unhas: Profissionalismo, entusiasmo, bom gosto e marketing”

Diariamente, toda empresa enfrenta vários tipos de desafios para driblar a concorrência. E na maioria dos empresários, a maior dificuldade é conquistar novos clientes e tentar manter os já existentes. Não nos esqueçamos de que essa batalha não está somente no dia a dia dos grandes nomes do mercado, pertence também aos micros e pequenos, pois precisam estar a frente da concorrência sempre, e para isso necessitam de estratégias especificas para atrair o público e manter fixa cada vez mais o bom nome no mercado de sua região.

E é justamente sobre isso que desejo falar agora. Então confira comigo essas dicas e de quebra, perceba a importância do marketing local para alavancar seu negócio.

 

Mas na real, o que é marketing?
Resumidamente, é um conjunto de atitudes ou ações que são pensadas de forma estratégica parapromover um determinado produto ou serviço. E a intenção é a conversão de clientes para que se aumente as vendas. Tal definição vale também para o marketing local, porém com foco mais definido, que são pessoas residentes ou até mesmo que trabalham próximo a esse negócio a ser divulgado e a intenção é justamente levar até eles mensagens que os informe sobre o que faz esse negócio, valores e preços utilizando das mais diversas ferramentas, e a principal é a boa, persistente e clara comunicação naquela localidade.Muitos dizem: -“Para ser bem sucedido no mundo dos negócios, você precisa ser o melhor na área em que atua”. – Esqueça isso – As coisas mudaram muito de uns tempos pra cá. Com a internet, a comunicação mudou de formas e fins. Hoje em dia, principalmente por conta das redes sociais, ficou muito mais acirrada a concorrência, mesmo que não tenham um produto ou serviço de tanta qualidade quanto a seu. Por isso para realmente conquistar seus clientes você precisa ser visto, assim, como o melhor no que faz, e provar por “a mais b”, de forma efetiva e constante. E pra isso você precisa da divulgação correta, ser muito criativo e insistente, e não estou me referindo aos tradicionais jornais impressos, na rádio, ou numa simples e rara panfletagem pelas ruas mais movimentadas do bairro.Imaginemos um mercado que disponibilize para as crianças um espaço pra que brinquem, enquanto

Celio, Gerente da A Luminosa: Atendimento, simpatia,  parceria e marketing”.

os pais façam suas compras. Que tal um barzinho em que deixe na calçada vasilhas de água e alimentos para os animais que ficam por ali, e com isso percebem a ideia enquanto estão “cervejando” com os amigos? Ou quem sabe uma padaria, que deixa a disposição pães para os menos favorecidos? Isso iria com muito certeza influenciar e chamar a atenção dos transeuntes, não ficando despercebido pelos que passam pelo local, mais ainda se souberem que não cobram mais caro por essas atitudes. Isso é propaganda muito positiva e ativa, colocada de forma funcional e prática. Isso é marketing local.

Saiba também que você precisa ter a internet como uma grande aliada deste marketing local, independente do tamanho do seu negócio no bairro. Entenda e aceite a realidade de que divulgação digital é extremamente útil e necessário. Muitas pessoas antes de realizarem suas compras ou contratarem serviços pesquisam antes na internet, e duvido muito que você não faça isso também, e se não fez, vai fazer, assim que descobrir a eficácia desta ação. Listagens gratuitas, sites de avaliação, anúncios com cupons são muito interessantes, além, obviamente, das maravilhosas redes sociais.

 

“Recentemente, produzimos esse comercial direcionado às plataformas web e redes sociais para uma das maiores, se não a maior loja do ramo de material elétrico e hidráulico de nossa cidade. Mesmo tendo tal proporção e tendo várias lojas em outras cidades, A Luminosa com isso investiu acertadamente no marketing local.”

Creio piamente que você entendeu bem o conceito de marketing local e de que como ele pode ser um divisor de águas em seu empreendimento, e o diferencial entre o seu negócio e o do seu concorrente. Não se esqueça de levar em conta as realidades, necessidades e possibilidades da sua região, e não se assuste se de repente você se perguntar: por que não fiz isso antes! E se isso acontecer, tenha certeza que que você estará trilhando o caminho certo. E próspero!

Grande abraço, e não se esqueça: -Estamos juntos, hein!
Luiz Guia Caxias.